Como Aumentar o penis – Início

Featured

como aumentar o penis

como aumentar o penis

Como aumentar o penis - Perceba que primeiramente de iniciar qualquer programa de como aumentar o penis tem que perceber que não é fácil, não é de uma hora pra outra que você vai aumentar seu pênis de forma significativa.

Se realmente quer resultados, precisará da técnica e dedicação para cumpri-lo. Não vai começar para depois de uma semana achar tediosamente chato e já querer parar.

Como aumentar o penis só irá funcionar se você manter uma rotina regular.  Este é sem dúvida o caminho mais rápido para se chegar a bons resultados. Com nosso manual de aumento do penis você começara a ter resultados em apenas 1 semana e aumento total em média de 6 meses.

http://www.comoaumentaropenis.com

O tamanho do penis importa?

Tem sido dito que para mulher tamanho não tem importancia. Isso não importa quão grande (ou pequeno) é seu pênis, sua parceira fala que o que importa é que ela gosta de você.

Ainda assim, dói a sua auto-estima. Isso faz você menos confiante – e por boas razões! Mas você não precisa mais se preocupar com o tamanho do pênis. Você tem opções para aumentar o seu tamanho. O tamanho médio do pênis é de 13cm de comprimento.

Mas para muitos homens, não é apenas o suficiente – ou talvez eles são mais curtos do que a média, e pode causar baixa auto-estima e maior humilhação. Há uma razão para produtos masculinos ser tão populares e por que os homens continuam a busca por uma resposta de como conseguir um penis maior.

O tamanho do pênis não deve ser um problema grande o suficiente para você por em risco sua saúde ou a sua função sexual. Seja qual for as técnicas ou produtos masculinos que você usa, você tem que ter cuidado para que eles não danifiquem os nervos ou causar danos permanentes aos outros seus órgãos sexuais.

Alguns alargamentos mal feitos e produtos masculinos do realce vai causar efeitos colaterais que irritam o pênis, o que resulta em inchaço que o comprador acredita que é o crescimento do pênis. Para saber a diferença e só usar produtos que tenham sido experimentados e testados pois não iráo causar danos irreparáveis.

Algumas mulheres afirmam que elas realmente não se preocupam com o tamanho do pênis. Para elas, é mais sobre como o homem usa tudo o que ele tem. Mas do ponto de vista do macho, o tamanho do pênis pode diminuir a partir de uma experiência sexual, se ele é tão pequeno que ele não pode permanecer no interior da vagina por qualquer período de tempo.

Quando se trata de saber o seu tamanho, medi-lo em diferentes estados de ereção e em muitos momentos diferentes. Medida a partir da base do pênis para a ponta. Isso é apenas o comprimento. Meça a circunferência em três lugares diferentes, enquanto você está ereto – abaixo da glande do pênis, na base, e no meio do caminho até o eixo do pênis.

Ao longo do tempo, o tamanho chegou a importar mais. Gregos antigos geralmente considerado um pênis pequeno, com mais conveniência. Pênis maiores eram vistos como cômico e bruto. Hoje em dia, essa visão mudou com os homens, um penis maior significa mais virilidade que os outros homens.

Em um estudo de 2005, 55% dos homens disseram que não estavam satisfeitos com o seu tamanho do pênis. Mas por outro lado, 85% de seus parceiros foram muito felizes com o tamanho de seus pênis. Os homens realmenteerram em medir seu pênis, pensando que eles são menores do que realmente são, porque eles estão olhando para baixo e ganhando uma visão imprecisa.

 

Anatomia do Penis

Anatomia do penis

O pênis pode ser parecido com um apêndice simples, mas é muito mais complicado do que isso. Ele tem um monte de segredos dentro de sua forma longa e tubular. Porque as duas funções do pênis são bem conhecidos (micção e ejaculação), pode parecer como se você já deve saber tudo o que há para saber sobre ele. Na verdade, você ficaria surpreso com o quanto você NÃO sabe sobre o penis! É muito importante para aprender todos os segredos do pênis, também, uma vez que esses segredos são o que vai ajudá-lo a ampliar seu.

O penis

O pênis humano é composto de duas partes: o eixo e a glande (cabeça). O eixo não é um músculo como alguns podem acreditar. Em vez disso, o eixo é de três colunas de tecido, uma das quais continua a frente para formar a glande. Estas colunas de tecido são chamados de Corpos esponjosos e Cavernosos (que são duas colunas de tecido localizado ao lado do outro na parte superior do pênis).

O corpo do pênis é coberto de pele, enquanto a glande suporta o prepúcio. O prepúcio é anexado à parte inferior do pênis, em uma área chamada de freio. Finalmente, o pênis envolve a uretra todos em toda sua extensão. A uretra é o túnel pelo qual a urina e as viagens de esperma em suas jornadas respectivos.

A ereção

Ereção acontece quando as camaras dos corpos cavernosos se enchem de sangue. Curiosamente, a maioria dos mamíferos têm ossos em seus pênis, mas os humanos não. Portanto, os seres humanos têm de depender exclusivamente de sangue para trazer o seu pênis para a ereção.

O fluxo de sangue para o pênis é desencadeada por uma excitação sexual e estimulação, que faz com que as arterias se dilatem, aumentando assim o fluxo sanguíneo. Quando o tecido esponjoso do corpo cavernoso câmaras se enchem de sangue, o pênis torna-se rígida, exatamente como você quer que seja para a atividade sexual.

Puberdade e Crescimento do penisCada bebê do sexo masculino nasce com um conjunto completo de órgãos reprodutivos, incluindo pênis e testículos. No entanto, estes órgãos não estão plenamente desenvolvidos no nascimento e não se desenvolvem até que o menino atinja a puberdade, geralmente entre as idades de 10 e 14.

Na puberdade, a glândula pituitária começa a secretar hormônios que faz com que os testículos produzam testosterona. A testosterona também faz com que os ossos e os músculos se desenvolvam mais fortes . Além disso, aumenta o tamanho do pênis e testículos, faz com que a voz comece a ficar grave e faz os pelos pubianos crescerem.

O pênis para de crescer quando termina a puberdade, que geralmente é em torno da idade de 18 anos. Tamanho do pênis é totalmente genético, exceto no caso de certos distúrbios hormonais, e não está relacionado (como alguns querem que você acredite) para o tamanho de outras partes do corpo. Entretanto, apenas porque o tamanho do pênis natural é genético não significa que não pode ser influenciado.

Como aumentar o penis

Através do uso de exercícios, as colunas de tecido do pênis são forçados a expandir tanto em comprimento como em grossura. Esta força é realizado por pressão sobre o eixo e persuadindo as células nos tecidos para se multiplicar. Isto acabará por causar ao corpo cavernoso mais sangue, o que resultará em um penis maior em ambos os estados ereto e flácido.

Este é um processo perfeitamente seguro e natural, e pode resultar em um aumento duradouro em tamanho quando feito corretamente por um período sustentado de tempo.

Musculo PC (Púbeo-coccígeno)

O músculo PC ou músculo púbeo-coccígeno (localizado entre a base do penis e o ânus) é o músculo que você aperta para parar o fluxo de urina. Ele também controla a sua ejaculação. A maioria dos homens tem um músculo PC fraco que poderia ser facilmente reforçada.

Quando o músculo PC é fraco, leva a ereções fracas, ejaculações fracas, e possivelmente, impotência e ejaculação precoce. Ninguém quer isso! Por conseguinte, reforçar o músculo PC é crucial para a sua saúde sexual.

Exercitando o músculo PC, você pode alcançar um melhor fluxo de sangue, ereções mais fortes, resistência melhorada, próstata saudável, melhora o fluxo urinário e da capacidade de ter orgasmos muito melhores.

Além disso, com um músculo PC bem treinado, você pode ter mais controle sobre quando ter o orgasmo, o que tornará você um amante muito melhor!

Método Jelq Arábico

O método de que vou falar em primeiro lugar é o “Método Jelq Arábico“. Este método foi usado por árabes sauditas. Nesta cultura, possuir um penis grande e desenvolvido era sinonimo de fertilidade, e era com naturalidade que os meninos desse época eram ensinados pelos pais a fazer o Jelq. Era praticado diariamente ate à idade adulta, e o faziam o faziam de 3 em 3 dias. O ‘jelq’  é sistema semelhante ao da ordenha das  vacas, para  propiciar  aumento de  tamanho .

Existem relatos de homens  que chegaram a dobrar o tamanho do penis
depois do período de um ano fazendo o jelq diariamente.

Saiba mais: www.comoaumentaropenis.com

Impotência

Mito Masculino – Temor de Desempenho

Vivemos ainda em uma sociedade muito machista, infelizmente para todos nós. Para os homens, em especial, existe uma pressão desenfreada para a atividade sexual predatória. O que caiu na rede é peixe! E existe, por sinal, um mito milenar de que os homens estão sempre aptos ao sexo, independente de qualquer outro fator. Devem sempre estar com desejo, devem ter plena ereção e não falhar jamais.

Essa situação é um peso muito grande para os ombros de qualquer um. A bem da verdade,  qual o homem ao qual nunca lhe faltou potência?

Qual a mulher cujo parceiro já não perdeu a ereção alguma vez na vida?

É necessário desmistificar essa situação. A impotência (disfunção erétil) só se torna um problema ou uma doença quando ela predomina na vida sexual de um homem. Ou seja, quando há uma incapacidade persistente ou recorrente (repetida) de manter uma ereção até a conclusão da atividade sexual. Alguns se queixam de falta completa de rigidez para conseguir uma penetração. Outros conseguem ter o pênis rijo, mas na hora de introduzi-lo perdem a potência.

Atenção! a eventual ocorrência de perda de ereção não é considerada impotência.

O que causa a perda da ereção?

As pesquisas são contraditórias: algumas apontam que 90% da impotência tem causa emocional.

O estresse do dia-a-dia.
A discórdia conjugal.
A falta de atração pela parceira.
A ansiedade ou depressão.
O temor de não desempenhar o sexo adequadamente.
Conflitos emocionais antigos.
Culpa e repressões sexuais.

São algumas das causas psíquicas comuns.

Outros trabalhos científicos relatam que a disfunção erétil nos homens é, na maioria dos casos, orgânica, principalmente quando o homem tem mais que 50 anos.

A deficiência de alguns hormônios masculinos como a testosterona.
Excesso de prolactina.
A presença de algumas doenças como o diabete melito.
O uso de medicações que combatem a hipertensão.
A anormalidade vascular peniana.

São fatores orgânicos importantes a serem levados em consideração na avaliação dessa disfunção sexual.

E tem cura?

Podemos pensar que há uma soma desses fatores orgânicos e emocionais na determinação da impotência. Para o tratamento, então, devemos combinar algumas técnicas terapêuticas para obtenção de maior sucesso.

Após alguns exames de rotina, detectamos a presença ou não de algum problema orgânico. Por exemplo, se há falta de testosterona, podemos repor através de uso de medicação. Se há problema vascular ou neurológico, podemos até indicar cirurgia ou colocação de prótese. Entretanto, tais métodos mais evasivos são de última escolha no tratamento da impotência, só utilizados quando quaisquer outros métodos já falharam completamente.

Quando não há muitos achados positivos nos exames, podemos empregar um tipo de tratamento psicológico, denominado psicoterapia cognitivo-comportamental, que é baseado em tarefas sexuais progressivas e orientação.

O uso concomitante de algumas medicações que provocam a ereção tem elevado o sucesso terapêutico em muitos casos. Entretanto, os mesmos  nunca devem ser utilizados sem acompanhamento médico especializado.

Quais as causas de penis pequeno?

Quais as causas de penis pequeno? Causas hormonais por desordem de funcionamento dos testículos ou da hipófise podem interferir no desenvolvimento do pênis bem como de toda a genitália masculina.

Dentro destes casos encontra-se desde o micro-pênis até a genitália ambígua. O pênis pode ficar pequeno em conseqüência de traumatismos, queimaduras ou doenças adquiridas (doença de Peyronie). Geralmente essas causas são raras. O mais freqüente é que o paciente não esteja satisfeito com o tamanho do seu pênis mesmo que o médico nada encontre de anormal.

Tamanho do penis – Dúvidas

A preocupação com o tamanho do penis é comum entre os homens. Essa ansiedade pode   ocorrer na infância, na adolescência ou na fase adulta. Meninos freqüentemente   comparam o tamanho de seus pênis com os dos outros. Piadas e brincadeiras surgem   dessas comparações. Entretanto a situação muda quando há início da atividade   sexual.

Muitos homens, embora com pênis de tamanho normal, o acham pequeno por várias razões:

O pênis dos outros é maior
Essa situação é muito comum e na maioria das vezes sem fundamento médico. Esses pacientes reclamam do comprimento do órgão mesmo com ereção e penetração vaginal normais.
Pacientes obesos reclamam ter pênis curto
Essa situação é devida ao embutimento do pênis em meio à gordura sobre o púbis o que dá a impressão de um órgão pequeno.
Estatura alta e pênis não proporcional
Embora haja certa relação da estatura do paciente com o tamanho do seu pênis, existe uma ampla variação de comprimento encontrada. Homens de baixa estatura podem ter pênis maiores que homens de alta estatura e vice-versa.
Flacidez peniana e ereção
Os pacientes geralmente se preocupam com o tamanho do pênis em flacidez que é geralmente o momento de comparação com o de outros homens. Muitos não sabem o comprimento em ereção ou qual foi o crescimento adicional. O que muitos se esquecem é que o tamanho deve ser acompanhado de uma ereção efetiva que garanta uma penetração vaginal.

O que é um penis normal?

O que é um pênis normal?

Deixando de lado os aspectos anatômicos de normalidade, um penis flácido mede de 5 cm a 10 cm de comprimento. O tamanho durante a flacidez não determina o tamanho durante a ereção. A medida é feita desde o ponto em que ele se encontra com o corpo (não com a pele) até a extremidade da glande. Se aplicarmos tração manual, o penis ganhará de 2 a 5 cm. Masters e Johnson (1966) verificaram que o penis em ereção mede de 12,5 cm a 17,5 cm. Um recém-nascido apresenta um comprimento médio de 3,75 cm.

Antes de tudo é necessário aquecimento

Aquecimento para aumentar o penis!

O aquecimento é extremamente vital. Nunca deverá ignorá-lo senão irá diminuir os ganhos na ampliação do seu penis. Um aquecimento adequado não só contribui com a eficácia dos seus exercícios, mas também ajuda a prevenir lesões, promovendo um melhor fluxo de sangue.

O aquecimento é normal em qualquer atividade portanto no aumento do penis é a mesma coisa pois todos os exercícios são totalmente manuais.

Como é feito:

Para o aquecimento, você vai precisar de um pano e água morna. Molhar o pano com água morna até que fique encharcada e quente, mas não doloroso ao toque.

Enrole o pano em torno do seu penis e testículos. Isto pode parecer estranho no início, mas você vai se acostumar a ele rapidamente. Mantenha o pano no lugar por aproximadamente 1 minuto.

Quando der um minuto, passar o pano sob a torneira novamente e repetir o procedimento. Continue a reaplicar o pano quente para intervalos de 1 minuto até sentir relaxado o suficiente para começar seus exercícios.